È Lula de novo, com a força do povo



 Escrito por JUSSARA às 07h54
[] [envie esta mensagem]



NÃO VALEM O QUE COBRAM

A mídia está devendo porque não entregou a derrota do presidente Lula, que foi encomendada e paga. Os jornalistas se empenharam, mas faltou-lhes competência. Os anunciantes precisam rever o custo da mídia, pois ficou provado que os grandes títulos e sobrenomes dos meios de comunicação não valem o que cobram. Afinal, foi claramente demonstrado que não formam opinião e não têm credibilidade. Não conseguiram vender seu peixe podre. O presidente Lula, após 4 anos de massacre diário pela mídia escrita, radiofônica e televisiva, teve uma votação histórica. E o governo Lula teve uma avaliação de ótimo e bom de mais 53% da população pouco antes das eleições. Os anunciantes precisam pechinchar os valores cobrados pela mídia. Os acionistas devem exigir a redução desses valores pelo menos à metade. Os políticos, empresários e famosos não devem mais sujeitar-se às chantagens da mídia, pois ela se mostrou um poder pífio. É preciso também rever os empregos e salários ou pro-labores dos jornalistas que se empenharam nessa empreitada e que se achavam formadores de opinião. Eles devem ser demitidos ou ter seus salários diminuidos, pois provaram que são incompetentes. É grande a lista dos que receberam um bom dinheiro pela empreitada sem fazer jus a ele: Eliane Cantanhede, Fernando Rodrigues, Josias de Souza, Ricardo Noblat, Merval Pereira, Miriam Leitão, Alexandre Garcia, Jô Soares, William Bonner, Fátima Bernardes, Arnaldo Jabor, Dora Kramer, Renata Lo Prete, Lucia Hypolito, Diogo Mainardi, Clóvis Rossi e outros tantos, menos conhecidos. Mostraram que são incompetentes, que não merecem seus salários nem os postos de chefia que ocupam. Os anunciantes devem seguir o exemplo da Sul América Seguros, que sabiamente retirou o patrocínio de um pocast reacionário na Veja. Não compensa patrocinar esses incompetentes. Após 4 anos de campanha intensa eles não conseguiram vender para o povo a falsa imagem ruim que criaram do presidente Lula e do governo Lula, encomendada pela eleite aos donos dos maiores jornais, revistas, rádios e canais de TV -- Frias, Mesquista, Marinho, Civita et caterva. Os interesses de quem encomendou são tão escusos que ainda se mantêm ocultos. Eles não entregaram o que foi encomendado e pago, não cumpriram o que prometeram. Não valem o preço que cobram, estão enganando seus anunciantes e patrocinadores, como tentaram enganar o povo.
Jussara Seixas

 



 Escrito por JUSSARA às 08h24
[] [envie esta mensagem]



 
 
 
Muita emoção!

Estive domingo, dia 20/08, no comício do presidente Lula em Osasco. A multidão que estava lá presente não era formada apenas por militantes do PT. Eram dezenas de milhares de pessoas que queriam ouvir e ver de perto o presidente Lula. Homens, mulheres, jovens, crianças, idosos. Pessoas visivelmente emocionadas por estarem vendo e ouvindo o presidente Lula bem de perto. Eu vi a alegria no rosto de cada um, eu vi a emoção. Um senhor que estava ao meu lado me disse que chora de emoção quando vê e ouve o presidente Lula. O carinho que o povo tem pelo presidente Lula, o respeito, a admiração, é emoção de arrepiar. O povo vibra quando o presidente Lula fala.O povo quer tocar no presidente Lula, quer dar um aperto de mão, um abraço, quer dar uma palavra de carinho e apoio. Milhares de bandeiras do PT tremulando, muita gente com a estrela no peito e um sorriso no rosto que dizia: o sonho não acabou, estamos aqui de novo, e vamos vencer. Choveu na hora em que o presidente Lula estava falando e ninguém arredou pé, ninguém queria deixar de ver e ouvir o presidente Lula. Quando o presidente citou aquele que ameaçou lhe dar uma surra, que é candidato no Amazonas a governador (o peçonhento Arthur Virgilio), dizendo que o cujo está com 3% de intenção de votos e 58% de rejeição, enquanto ele, Lula, está vencendo com 72% de votos nas pesquisas, o povo vibrou, aplaudiu, pulou de alegria. O presidente Lula criticou a fala preconceituosa de Serra contra o migrante nordestino, e foi ovacionado pelo povo. Saí do comício de alma lavada, com a certeza de que o povo, como disse o presidente, é sabido, não se deixa enganar pela mídia e pela oposição raivosa e virulenta. Lula disse que não move uma palha contra a oposição que o ataca, porque o povo moverá um paiol inteiro. O povo não deixa a oposição raivosa sem respostas, e isso já é visto nas ruas, nos blogs, nas opiniões nos jornais, nos fóruns de discussões. A resposta final, que vai enterrar a oposição raivosa, será dada dia 1º de outubro nas urnas. É Lula de novo, com a força do povo!
Jussara Seixas


 Escrito por JUSSARA às 09h25
[] [envie esta mensagem]



O EMBUSTE CHAMADO ALCKMIN!
Falando em impostos, em redução de impostos, em diminuição da carga tributária, me dei conta do IPVA. O IPVA é Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores – é um tributo devido anualmente pelos proprietários de automóveis, motocicletas, caminhões, ônibus, aeronaves e embarcações. Seu valor é calculado com base no valor venal do veículo, aplicando-se uma alíquota que varia, conforme o estado da federação, entre 1% e 4%.O montante da arrecadação do IPVA é dividido em proporções iguais entre o estado e o município onde o veículo está licenciado. Esse imposto deveria ser destinado à conservação e à construção de ruas e rodovias. Vamos falar de SP, que tem uma concentração imensa de veículos. Só no ano de 2006 a arrecadação do IPVA foi de 4,8 bi, ( informação da Secretária da Fazenda de SP). A grande maioria das rodovias de SP, as mais importantes, estão privatizadas, pagamos pedágio para trafegar nelas. E não é um pedágio por rodovia; são vários pedágios ao longo das rodovias. Rodar 382 km de rodovia em SP custa mais de R$ 100,00 só em pedágios. Alguém sabe quanto as concessionárias responsáveis pelos pedágios arrecadam por mês, por ano nas rodovias de SP? Você sabia que 12% da arrecadação dos pedágios é repassado ao estado? Sabendo disso, façamos uma pergunta simples: no que é usado o dinheiro do IPVA, se muitas rodovias estaduais estão em situação de calamidade, esburacadas, sem sinalização, sem iluminação, sem acostamentos, sem a mínima segurança? O Alckmin está falando em reduzir imposto, a carga tributária. Diz que se (por uma grande desgraça) for eleito, vai reduzir os impostos. Mas não foi isso que fez em SP: durante os 5 anos que foi governador, a cada ano o IPVA foi aumentado, de seis em seis meses os pedágios foram e continuam sendo aumentados. E os buracos vão aumentando, pontes vão caindo, acidentes vão ocorrendo ao longo das rodovias em SP. Alckmin fala uma coisa e faz outra totalmente diferente, ele conta uma história bonita, e na realidade pratica outra horrorosa, que lesa o bolso de toda a população. Mesmo quem não tem carro paga IPVA e paga os pedágios na alimentação, no vestuário, nas medicações: os empresários, produtores, fornecedores, repassam esses impostos para o consumidor, encarecendo os seus produtos. As passagens dos ônibus sofrem aumento cada vez que sobem o IPVA e os pedágios: o prejuízo é apenas dos usuários. Cadê o Afif Domingos do PFL, aliado do Alckmin do PSDB, para criar o Ipveômetro de SP? Cadê o Afif Domingos do PFL, para cobrar do Alckmin transparência no uso do IPVA de SP? E Serra e Alckmin determinaram a construção pedágio nas marginais de SP assim que passar o período eleitoral. Isso tudo porque eles falam em reduzir impostos, diminuir a carga tributária, melhorar a vida das pessoas. Alguém teve e terá vida melhorada com as arrecadações milionárias do IPVA e dos pedágios em SP. Com certeza não foi nem é a população paulista.
Fala sério, Alckmin!
Jussara Seixas


 Escrito por JUSSARA às 14h58
[] [envie esta mensagem]



1.300 dias de governo Lula

O governo Lula completa 1.300 dias, nesses 1.300 dias o presidente Lula transformou este país, em um país de todos. O presidente Lula recebeu país falido das mãos de FHC do PSDB/PFL de Bornhausen. O governo Lula nesses 1.300 dias gerou 5,4 milhões de empregos com carteira assinada, levou luz para mais de 4 milhões de famílias, deu oportunidade para mais de 400 mil jovens pobres freqüentarem a tão sonhada universidade. Nesses 1.300 dias, com o Bolsa Família, o presidente Lula levou alimentação, educação, saúde, dignidade para 11,1 milhões de famílias que foram excluídos da sociedade governo de FHC do PSDB/PFL de Bornhausen. Nesses 1.300 dias o governo Lula conseguiu o maior aumento para o salário mínimo em 25 anos, conseguiu proporcionar maior poder aquisitivo para as pessoas com a inflação baixa e controlada. Um bom exemplo disso é que em 2001 o pacote de 5K de arroz de boa qualidade custava entre 11,00 e 12,00 reais, obrigava as pessoas a comprar um arroz de baixa qualidade, mais barato, hoje esse mesmo pacote de 5K arroz custa entre R$5,40 a R$6,00 no máximo, com isso as famílias comem mais e com melhor qualidade. O governo Lula nesse 1.300 dias conseguiu através da Petrobrás a auto-suficiência do petróleo, o governo Lula nesses 1.300 dias sempre manteve recordes, na exportação, no saldo da balança comercial, no PIB, na diminuição da pobreza, na geração de empregos. O governo Lula conseguiu nesse 1.300 dias baixar os juros para para o patamar mais baixo em 31 anos, 14,75%. O senador do PFL, Bornhausen, nesses 1.300 dias de governo conseguiu demonstrar que é racista, preconceituoso, que quer acabar com a raça de 53 milhões de brasileiros que elegeram o presidente Lula, demonstrou que é totalmente contra a democracia o estado de direito e a favor do golpe contra o povo brasileiro. O Bornhausen demonstrou nesses 1.300 dias que ele e corja do PSDB/PFL são capazes de mentir, inventar, manipular qualquer fato contra o governo Lula, para que eles tenham novamente o poder. Temos muito para comemorar nesses 1.300 dias de governo Lula, temos muito que lastimar os 2.920 dias do governo de FHC do PSDB/PFL, Bornhausen. Temos muito para chorar ao lembrar dos 20 anos de ditadura militar que Bornhausen participou ativamente e apoiou, e foi conivente com torturas e mortes nos porões da ditadura. Temos muito que lastimar nos 2.920 dias de governo de FHC todas as CPIs que foram engavetadas com a ajuda de Bornhausen, para investigar todas as maracutaias, principalmente as das privatizações de nossas estatais, da compra de votos para a emenda de reeleição de FHC. Mil vezes 1.300 dias de governo Lula do que 1 dia de governo de FHC do PSDB/PFL, Bornhausen, Alckmin. 1.300 dias de governo Lula, mostrou a incompetência, de 2.920 dias de governo de FHC. Os 1.300 dias de governo Lula mostrou que com vontade, competência, seriedade, respeito e amor pelo povo e com a força do povo, é possível fazer o Brasil ser um país soberano, mais justo, e de todos os brasileiros.
Jussara Seixas


 Escrito por JUSSARA às 19h43
[] [envie esta mensagem]



ANÔNIMOS, CORRUPTOS E COVARDES


O PFL, em horário político na TV, apresentou anonimamente, em 15/6, um programa de mentiras e calúnias atacando o presidente Lula e o PT. Notem: anonimamente, em comum acordo com as emissoras de TV. O JN foi interriompido dizendo que iria trazer mais noticias da Copa em alguns minuto, não disse que seria após o horário político obrigatório. Entrou no ar direto o programa do PFL, sem identificação, passando ao telespectador a impressão de ser uma matéria do JN. Somente no fim da apresentação aparece a logomarca do PFL. Isso foi um total desrespeito aos telespectadores, que, sem saber que se tratava do PFL, não desligaram a TV ou passaram para um canal a cabo. Isso fez com que o telespectador fosse quase obrigado a assistir àquela montagem horrorosa para só no fim -- quem agüentou -- descobrir que se tratava do PFL (Ah, bom, então é isso...). Anonimamente, disfarçados, mentindo; o PFL agiu como no passado. Indívíduos como ACM, Bornhausen, José Jorge, Romeu Tuma, passaram a ter poder após o golpe de 64. Eram colaboradores da ditadura, torturadores anônimos da ditadura. Anonimamente eles matavam e os corpos dos que lutavam por justiça, por liberdade, por dignidade do povo brasileiro, eram anonimamente enterrados em cemitérios clandestinos. Anonimamente, no governo de FHC, eles votaram projetos que prejudicaram o povo brasileiro, provocando desemprego recorde, com privatizações espúrias, com acordos imprudentes com o FMI. Anonimamente eles se venderam a FHC em favor da reeleição, e anonimamente foram também compradores de votos para a maldita reeleição de FHC. Anonimamente eles elegeram Severino Cavalcanti presidente da Câmara, para tentar desestabilizar o governo Lula e de olho no prometido aumento de 65% de Severino, que iria engordar seus bolsos. Assim age o PFL, na obscuridade, como agem os bandidos. Age no anonimato quem tem muitos crimes a esconder. Age assim quem tem a certeza de que sendo mentiroso, falso, cretino, não terá credibilidade: tem que enganar para ser ouvido. Agem no anonimato os dissimulados, os hipócritas e os covardes. Eles querem ter novamente o poder e recorrem ao anonimato para esconder o que foram poder no passado e que afundaram o país. Eles agem no anonimato porque não têm, como nunca tiveram, propostas para fazer deste país um país de todos, como está fazendo, de cara limpa, de peito aberto, com a sua assinatura, o presidente Lula. O presidente Lula não tem o que esconder, não tem que agir anonimamente. O presidente Lula veio a público dizer que alguns integrantes do PT cometeram erros, ele disse que iria investigar e punir quem agiu de forma errada e assim o fez; o PT puniu dirigentes supostamente envolvidos em caixa 2, e não engavetou nenhuma CPI, como fizeram FHC e Alckmin do PSDB. O presidente Lula fala olhando diretamente no olho do povo, ele não se esconde no anonimato dos criminosos corruptos. O PPS do Roberto Freire também mentiu ontem, 15/6, em seus minutos políticos na TV, disse que não há ninguém do PPS envolvido com caixa 2. Há sim. Eles constam na lista de Furnas, estão lá os nomes de políticos do PPS, com o respectivo valor recebido do Dimasduto. São eles: Fernando Coruja, deputado federal por SC, Paulo Piauí, de MG, Dimas Ramalho, de SP, Julio Delgado, de MG, Athos, de MG. Quem afirma isso é a Polícia Federal, que confirmou em 15/6 a autenticidade da chamada "lista de Furnas", documento de cinco páginas que registra contribuições de campanha, num esquema de caixa 2, a 156 políticos, durante a disputa eleitoral de 2002. No total, eles receberam R$ 40 milhões. Segundo a assessoria da direção geral da PF, em Brasília, perícia do INC (Instituto Nacional de Criminalística) concluiu que a lista não foi montada e que é autêntica a assinatura que aparece no documento, de Dimas Toledo, ex-diretor de engenharia de Furnas, empresa estatal de energia elétrica. O PPS de Roberto Freire se uniu ao PSDB/PFL, que foram os maiores beneficiários do Dimasduto. Entre as campanhas eleitorais abastecidas pelo esquema estão as do então governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, hoje candidato à Presidência pelo PSDB, do ex-prefeito de São Paulo José Serra (PSDB), atual pré-candidato ao governo paulista, e do atual governador mineiro, Aécio Neves (PSDB). As campanhas, em 2002, receberam, respectivamente, R$ 9,3 milhões, R$ 7 milhões e R$ 5,5 milhões. Curiosamente, o JN não disse absolutamente nada a respeito dos envolvidos na lista de Furnas, que a imprenssa escrita está divulgando. Há 32 nomes de políticos do PFL: também por isso eles têm que agir no anonimato, na obscuridade, como agem os bandidos, os corruptos e os covardes.
Jussara Seixas



 Escrito por JUSSARA às 08h53
[] [envie esta mensagem]



GOVERNO LULA
O Fantástico ontem mostrou com exclusividade a Penitenciária Federal de Segurança Máxima de Catanduvas. Vale a pena assistir o vídeo, veja o que o governo Lula está fazendo com o imposto que você paga, para combater o crime organizado, e diminuir a violência no país.

http://gmc.globo.com/GMC/0,,2465-p-M467426,00.html
 
http://www.porumnovobrasil.org/web/
 

 


 Escrito por JUSSARA às 07h47
[] [envie esta mensagem]



São Paulo sitiada.

Ontem foi um dia de terror em SP. Não só porque a mídia mostrava, e nem por causa de boatos que corriam por telefones, e-mail. Quem como eu mora em SP viu, viveu, sentiu na pele o que foi puro terror, com ônibus sendo incendiados,bancos sendo metralhados, o transito todo parado, pessoas aflitas para chegar em casa, pessoas aflitas por noticias de seus familiares, a policia de arma em punho nas ruas da cidade. Comerciantes fecharam as portas, Shoppings fecharam mais cedo, dispensaram seus empregados ainda no meio da tarde, as aulas foram suspensas, celulares não funcionavam, compromissos marcados foram adiados.Corpos de policiais foram enterrados, famílias de policiais ameaçadas,e o governo de SP dizia que estava tudo normal, não precisava de ajuda do governo federal, nem de tropas de Exército, nem da PF para ajudar a combater essa barbárie. Eles sabiam o que estavam falando, sabiam o que estava fazendo, e porque estavam fazendo, uma palavrinha é responsável pela atitude deles "eleição", PSDB/PFL quer a volta ao poder.Eles iriam ficar mal na fita devida a total falta de segurança, se aceitassem ajuda do governo Lula, iriam selar a incompetência do Alckmin/Serra/ Lembo/kassab do PSDB/PFL que são governo em SP. Eles resolveram essa questão de ataques, de rebeliões dos presos, negociaram com o Marcola sim, Marcola não vai ficar nem 1 mês na prisão de Presidente Vanceslau de segurança máxima, podem anotar o que eu digo.Ou seja SP a maior cidade da AL está nas mãos do PCC, por pura conivência e incompetência de seus governantes do PSDB/PFL, que querem governar o país.Se bem que essa relação deles com o crime organizado, não é recente, nem é novidade, o Comendador Arcanjo rei do crime organizado que o diga. Não foi o combate eficaz ao crime organizado pelo governo de SP que foi responsávle pelos fins dos ataques, foi ordem do PCC, quando eles quiserem eles ordenam os ataques novamente, e nós ficaremos sitiados outra vez, e viveremos esse terror novamente.Essa é a competência do governo do PSDB.

16/05/2006 - 03h46
PCC ordena fim dos ataques, mas violência continua em São Paulo
Por telefone celular, segundo apuração da "Folha de S.Paulo", líderes da facção criminosa determinaram a presos e membros do PCC (Primeiro Comando da Capital) do lado de fora das cadeias que interrompessem a onda de violência. Segundo o que a "Folha" apurou, o preso Orlando Mota Júnior, 34, o Macarrão, foi um dos principais interlocutores do governo do Estado de São Paulo. Ele e outros líderes do PCC deram a ordem de cessar os atentados.




 Escrito por JUSSARA às 09h39
[] [envie esta mensagem]



Jornalista da Veja, Márcio Aith, Mainardi, Dantas na mira da PF.

A polícia suspeita que o documento, reproduzido pela revista, seja uma farsa que vinha sendo preparado contra algumas autoridades federais desde o ano passado. Para a PF, o documento é uma falsificação grosseira.
Em nota oficial, divulgada no início da noite, a PF informa que o objetivo do inquérito é "verificar as denúncias apresentadas no semanal contra o diretor-geral da Polícia Federal, delegado Paulo Fernando da Costa Lacerda, e ainda a autenticidade do dossiê apresentada por Veja e sua possível origem delituosa". As investigações serão conduzidas pelo delegado Disney Rosseti. Nos próximos dias, o delegado deve chamar para depor os jornalistas Márcio Aith, autor da reportagem, e Diogo Mainardi. O colunista fez uma entrevista com Daniel Dantas em que o banqueiro aparece como vítima de uma suposta tentativa de extorsão por petistas.
A PF também vai interrogar Daniel Dantas. O inquérito foi aberto por determinação de Paulo Lacerda. O diretor da PF negou que tenha contas no exterior e ofereceu a quebra de seu sigilo bancário para que o responsável pelo inquérito confira a informação. As primeiras informações do dossiê chegaram a PF em novembro do ano passado. Para a PF, o documento é uma falsificação grosseira. Paulo Lacerda é apontado como dono de uma conta no exterior. O nome do diretor da PF é Paulo Fernando da Costa Lacerda e não apenas Paulo Lacerda.
http://oglobo.globo.com/online/pais/plantao/


 Escrito por JUSSARA às 09h38
[] [envie esta mensagem]



PSDB CHEGOU A SUA HORA

CASO BANESTADO

João Arcanjo afirma que foi procurado por Antero Paes de Barros
Condenado a 37 anos diz que PSDB pediu dinheiro em 2002

HUDSON CORRÊADA AGÊNCIA FOLHA, EM CUIABÁ (MT)
O ex-policial civil João Arcanjo Ribeiro, 55, condenado a 37 anos de prisão por comandar o crime organizado em Mato Grosso, afirmou ontem à Folha que o senador Antero Paes de Barros (PSDB-MT) foi à sua fazenda em Cuiabá, em 2002, pedir dinheiro para a campanha eleitoral.Conhecido como "comendador", Arcanjo disse que não tratou de valores: encaminhou o senador ao seu ex-gerente de factoring Nilson Roberto Teixeira. O ex-policial não soube dizer se foi repassado dinheiro ao tucano.Em depoimento à Justiça em 2002, Luiz Alberto Dondo Gonçalves, ex-contador de Arcanjo, disse que a empresa Confiança Factoring liberou R$ 5,7 milhões para bancar a campanha de Antero por meio do Grupo Gazeta. A operação teria sido um caixa dois. O senador tucano, que presidiu a CPI do Banestado, nega a acusação.A PF (Polícia Federal) abriu inquérito para apurar o suposto caixa do PSDB em Mato Grosso nas eleições de 1998 e 2002. Nesse último ano, Antero disputou e perdeu o governo do Estado: "Ele me cumprimentou. E falou: "Olha, a minha visita aqui é oficial. Eu vou enfrentar uma campanha e vou precisar de recurso". De antemão disse: Antes até do que você vai falar, procure o Nilson. Empréstimos nós fazemos", disse Arcanjo."Ele falou inclusive: "Empréstimo não pode". [Eu disse] Isso a gente dá um jeito. Teriam que ser operações [comerciais de fomento]. Nós tínhamos feito muitos empréstimos na Confiança. Queríamos parar", disse. As factorings só podem comprar cheques de empresas. Não têm permissão para fazer empréstimos.Preso em Cuiabá desde março, após ser extraditado do Uruguai, Arcanjo falou com a Folha sob escolta de cinco policiais militares armados com fuzis na sala da administração do presídio Pascoal Ramos. Ele foi condenado em 17 de dezembro de 2003 pelo juiz Julier Sebastião da Silva, da 1ª Vara Federal de Cuiabá, a 37 anos de prisão por comandar organização criminosa, lavar dinheiro e praticar crime contra o sistema financeiro. Ele recorreu da sentença.AcareaçãoArcanjo afirmou ainda que está disposto a fazer uma acareação com o senador, caso o tucano negue o encontro, porque houve testemunhas do encontro: "Tinha pessoas que estavam lá comigo e viram. Ele estava acompanhado de uma pessoa. Estou tentando lembrar quem era", disse.Sem uniforme de presidiário, na entrevista Arcanjo deu mais detalhe. "Ele [Antero] me procurou na fazenda. Era antes da campanha. Queria tomar dinheiro [emprestado]. Eu falei que tomar empréstimo tinha que ser com o Nilson. Agora supostamente ele deve ter procurado o Nilson. Ele não falou em valores", relatou o Arcanjo. "Ele estava de chapéu, que deixou no carro", acrescentou.Segundo Nilson Teixeira, a Confiança Factoring emprestou dinheiro para a campanha eleitoral de outro tucano, o ex-governador de Mato Grosso Dante de Oliveira (1995-2002). A dívida, conforme Teixeira afirmou em depoimento à PF em abril, foi paga com cheques emitidos por antigo órgão público de obras, chamado Dvop. O ex-governador nega."A pessoa de Dante nunca esteve na factoring. E me parece que na época de campanha Dante fez operações. Parece. Mas o Nilson tem maior conhecimento disso", disse Arcanjo, que anteontem confirmou à PF a versão de Teixeira sobre a campanha de Dante.




 Escrito por JUSSARA às 08h24
[] [envie esta mensagem]



PFL A QUADRILHA DA GASOLINA

 

Mau uso de dinheiro na mira

Luiza Damé, Bernardo de la Peña e Henrique Gomes Batista
O GLOBO BRASÍLIA

Os deputados que foram reembolsados pela Câmara por gastos excessivos com gasolina serão investigados pela Corregedoria da Câmara e poderão vir a responder a processo de cassação de mandato. O presidente da Câmara, Aldo Rebelo (PCdoB-SP), disse que encaminhará ainda hoje para a Corregedoria a denúncia publicada ontem pelo GLOBO de mau uso do dinheiro da verba indenizatória — os R$ 15 mil mensais a que os deputados têm direito para ressarcimento de gastos com a manutenção do escritório parlamentar nos estados.

Um dos investigados será Francisco Rodrigues (PFL-RR), o deputado que mais recebeu reembolso por supostas despesas com gasolina este ano: R$ 60 mil. Em entrevista, Rodrigues admitiu que apresenta notas de consumo de combustível para justificar outros gastos. E foi acusado pelo gerente de um posto de gasolina em Boa Vista, Roraima, de abastecer os caminhões de sua empresa com o combustível que posteriormente cobra da Câmara.

No ano passado, a Câmara repassou R$ 41 milhões para os deputados como reembolso de despesas com combustível. Até o momento, Rodrigues foi o único parlamentar que admitiu que usa notas fiscais de combustível para justificar despesas como almoços e aluguel de barcos.

— Vou mandar o que foi publicado para a Corregedoria analisar — disse Aldo.

Aldo não comenta gastos do corregedor

O líder do PFL na Câmara, Rodrigo Maia (RJ), cobrou ontem explicações do deputado Francisco Rodrigues (PFL-RR) sobre o uso de notas fiscais de combustíveis para justificar outros gastos:

— É ilegal fazer isso e está fora do padrão que se espera de um deputado. As denúncias são graves e precisamos de uma explicação urgente da parte dele. Cabe à direção da Casa tomar as providências cabíveis no caso dele e de outros deputados que tenham gastos irregulares de recursos.

Para Maia, se as explicações de Rodrigues não forem satisfatórias, os órgãos da Câmara responsáveis têm de investigar e decidir quais as punições cabíveis.

— Mas, de fato, a situação é grave. No limite, ele terá de devolver os recursos e a direção terá de avaliar que punições cabem em relação ao mandato — acrescentou Maia, ressalvando que vai ouvir as explicações do deputado sobre o assunto.

O próprio corregedor da Câmara, Ciro Nogueira (PFL-PI), é um dos que concentram os gastos em combustível e é reembolsado em valores entre R$ 9 mil e R$ 12 mil mensais. Aldo evitou entrar no mérito da denúncia contra Ciro, ressaltando que esse é o papel da Corregedoria:

— Não posso considerar ninguém impedido ou desimpedido. Essa é a função da Corregedoria.

No Tribunal de Contas da União (TCU) a expectativa é que o processo aberto no órgão denunciando os gastos excessivos e injustificados da verba indenizatória pelos deputados, que está parado há dois anos e meio, tenha andamento com a reportagem de O GLOBO. Provocada pelo procurador federal Ronaldo Pinheiro Queiroz, a fiscalização pelo TCU estava paralisada nas mãos do relator Lincoln Magalhães da Rocha, aposentado na semana passada por idade. Agora, um novo relator será nomeado para o processo.

— É possível que, em razão da reportagem, o processo ande — disse o procurador-chefe do Ministério Público junto ao TCU, Lucas Furtado.

Ele acredita que a Câmara tem os instrumentos para punir os deputados que cometeram abusos com a verba de gasolina, e que caberá à Mesa Diretora da Casa a abertura de procedimentos disciplinares e de investigação contra estes deputados.

O líder do PT, Henrique Fontana (RS), disse que a apuração da denúncia de uso irregular de notas fiscais para ressarcimento da verba de auxílio de combustível tem de ser ampla e não pode ficar restrita ao Conselho de Ética:

— Esse caso tem de ser analisado pelo Conselho de Ética, pela Corregedoria, pelo Tribunal de Contas da União e até pela Justiça Eleitoral. Esse gasto é facilmente verificável. Nos Estados Unidos, os parlamentares prestam contas dessa verba à sociedade, que cobra a forma como é gasta.

O líder do PSOL, Ivan Valente (SP), afirmou que todas as denúncias são um absurdo e que a Mesa Diretora da Câmara tem a obrigação de abrir um procedimento na Corregedoria da Casa com as informações da reportagem.

— Temos de ver qual o tamanho da ilegalidade dessas denúncias. Politicamente é um absurdo. É bom apurar tudo e punir os culpados, senão desmoraliza o uso da verba que é necessária à atividade parlamentar. Os gastos devem ser razoáveis.

 



 Escrito por JUSSARA às 07h08
[] [envie esta mensagem]



VAMOS PARTICIPAR DESTE MANIFESTO


Carta aberta do povo brasileiro:
Em defesa do governo do Presidente Lula
O Brasil é uma nação desigual. No mesmo solo, convivem a riqueza e a miséria o doutorado e o analfabetismo e tantas outras desigualdades gritantes que afrontam a dignidade humana.Porém, nunca como agora as classes menos favorecidas foram alvos de tanta consideração por parte do governo federal. Os projetos sociais implementados pela administração do Presidente Lula, como o Bolsa Família, o Bolsa Escola, o Pro Uni, a Farmácia Popular, o Luz Para Todos, entre outros, estão, de fato, promovendo o resgate da cidadania dos pobres desse país, relegadosdurante décadas ao papel de coadjuvantes da História Brasileira, servindo apenas como mão-de-obra barata para ampliar as vantagens econômicas e sociais desfrutadas pelas elites.O projeto de nação igualitária e justa que sonhamos começou a ser realizado quando a administração do Presidente Lula teve início. Estamos vivenciando um momento único: a construção da história. Não temos dúvidas de que a atuação do Governo Lula é uma das ferramentas que está permitindo a transformação do poder nesse país.No entanto, essa atenção do governo aos mais pobres despertou a ira de muita gente, aqueles que sempre viveram às custas da exploração do povo.Acostumadas a ser as únicas beneficiárias dos recursos produzidos pela nação as elites desencadearam, com o apoio de parte expressiva da mídia nacional, uma campanha como poucas vezes se viu para inviabilizar o governo do presidente Lula. No entanto, depois quase 1 ano de bombardeio intenso de duas CPIs, com cobertura ampla e engajada da mídia, o prestígio do presidente continua inabalável. Isso porque, além dos benefícios proporcionados pela política social e econômica, o povo percebe que as instituições da República estão cumprindo a sua função. As irregularidades estão sendo apuradas e os responsáveis punidos pela Justiça. Nunca a Polícia Federal e o Ministério Público atuaram tanto contra a corrupção, bem diferente dos anos do governo de Fernando Henrique Cardoso, quando o Procurador Geral da República ficou conhecido como Engavetador Geral, por esconder na gaveta todos os processos que contrariavam os interesses do governo FHC.Como a campanha sistemática contra o presidente não afetou o prestígio do presidente Lula, que continua liderando as intenções de votos para a próxima eleição presidencial, surge agora, no bojo do movimento oposicionista, rumores cada vez mais fortes sobre a proposta de impeachment do presidente da República, patrocinada por setores reacionários da Ordem dos Advogados do Brasil, com o apoio entusiasmado do PSDB e do PFL (este de tradição golpista que remonta a velha UDN e passa pela Arena, que apoiou a ditadura militar) e da mídia que não suporta ver o povo como protagonista da História.A estes que pretendem espezinhar a vontade do povo brasileiro manifestada na votação histórica obtida pelo presidente Lula, e corroborada atualmente pelas pesquisas eleitorais, um aviso: não ousem afrontar os desígnios do povo. Não queiram ver o circo pegar fogo! Nós que apoiamos o governo do Presidente Lula vamos perseverar na luta para que o presidente termine o seu mandato e concorra à reeleição, como é seu direito. Não vamos tolerar tentativas golpistas patrocinadas por setores retrógrados da sociedade que querem a volta da política de privatização implementada pelo governo do PSDB-PFL.
Não ao golpe!
Não ao impeachment!
Pela reeleição do Presidente Lula!
Lula não está só porque Lula é muitos!
Lula somos todos nós!
Com o intuito de reforçarmos nosso apoio ao Presidente Lula, redigimos esta carta, com o apoio de vários grupos, blogs e comunidades. A proposta e colhermos maiores números de assinaturas, para encaminharmos ao Presidente Lula, mídia, OAB, enfim a todos os órgãos possíveis.Mostre o seu apoio assinando e colhendo assinaturas de parentes, amigos, etc. que não têm acesso à internet. Para assinar bastam enviar seu nome, Profissão, Cidade e Estado para o email abaixo:
companheiro.lula@yahoo.com.br

http://www.porumnovobrasil.org/web/
SEM MEDO DE SER FELIZ!
 

LULA 2006

 



 Escrito por JUSSARA às 08h26
[] [envie esta mensagem]



CIDADÃ BRASILEIRA
Sou cidadã brasileira, cumpridora de todos os meus deveres. Como cidadã
brasileira, vivendo em meu país, em uma democracia plena, não vou me calar diante de tantos abusos e absurdos, cometidos por pessoas que deveriam estar a serviço do Brasil, a serviço do povo brasileiro, defendendo a perpetuação deste estado democrático, que conquistamos com vidas e o sofrimento de muitos brasileiros. Escolhi o dia de hoje, 31 de março, propositalmente, pois foi neste dia que, em 1964, que derrubaram um governo eleito pelo povo, e instalaram a ditadura militar, foi o golpe. O que estamos assistindo não é mais uma tentativa de golpe, é o golpe na sua mais pura essência. Golpe que está em curso há vários meses. São canalhas, são irresponsáveis, são hipócritas, são fingidos, são mentirosos, são caluniadores todos os que participam desse golpe. São pessoas da pior espécie, que não fazem, que não fizeram nada, absolutamente nada de bom pelo país e pelo povo brasileiro. É vergonhoso assistir aos discursos desses políticos safados da oposição ao governo Lula, nas tribunas do Congresso Nacional; é deprimente. São usadas palavras de baixo calão, fazem-se até ameaças, e ameaças físicas, ao Presidente da República, eleito pelo povo com 53% dos votos válidos. Isso é um desrespeito não somente para com a autoridade máxima do país, e todas as instituições representadas pela Presidência, o desrespeito maior é com o povo que o elegeu, é com o povo que o apóia e quer Lula governando este país, que quer Lula presidente por mais 4 anos. Estão usando o caseiro Francenildo, vergonhosamente, para atingir seus objetivos espúrios. Estão usando da forma mais vil e covarde que existe, fazendo ele acreditar que é importante, que vão homenageá-lo, quando na verdade ele não passa de um trampolim para a oportunidade de discursos e mais discursos carregados de ódio e ofensas contra o governo Lula e o presidente Lula. O que fizeram esses políticos que são pagos com o meu dinheiro, dinheiro de todo o povo brasileiro, estes 3 anos e três meses de governo Lula, além de atrapalhartodos os projetos do governo, que beneficiam milhões de pessoas? O orçamento de 2006 não foi votado, o salário mínimo não foi votado, nenhum projeto do governo estão ao menos apreciando. Isso tudo é imoral, é sujo, é a maior violência contra o país e contra o povo brasileiro. A única coisa que importa para essa corja é a volta ao poder, é a volta para destruir este país, como fizeram no passado não muito distante. É a volta do desemprego,da miséria, da fome, da falta de crédito, da falta de educação, saúde,habitação, é a volta das malditas privatizações escusas, dos juros pornográficos e das perdas dos direitos do trabalhador. Como cidadã brasileira cumpro hoje o meu dever de alertar todo o povo brasileiro sobre o perigo que nos espreita, do golpe contra democracia e o estado de direito de todos nós, cidadãos brasileiros. Temos que cobrar vergonha na cara desses que se intitulam ilibados, que pregam as suas bundas nas cadeiras do Congresso Nacional: que façam um trabalho sério pelo país e pelo povo que os elegeu, chega de discursos ofensivos, chega de calúnias, chega de ilações que não enchem a barriga de ninguém, não garantem emprego a ninguém, não fazem este país crescer e ser o país de todos os brasileiros, como quer o presidente Lula e como quer todo o povo deste Brasil.
Viva a democracia, viva a liberdade, viva a justiça!
Jussara Seixas




 Escrito por JUSSARA às 08h35
[] [envie esta mensagem]



GOLPE!!! GOLPE!!! GOLPE!!!

Encontro-me estarrecida com a censura ao blog
http://www.osamigosdopresidentelula.blogspot.com.
Quem tirou o blog do ar? A mando de quem? Por qual razão? Que interesses se escondem atrás de tal decisão?
A direita mesquinha, hipócrita e mentirosa se faz presente na vida do brasileiro todos os dias através do Estadão, Folha, O Globo, JBosta além dos canais de televisão.
O que sobra ao povo para combater a lavagem cerebral a qual tem sofrido durante toda a história brasileira desde a invasão do país? As revistas como Caros Amigos e Carta Capital fazem uma parte mas os blogs são os meios que a população encontrou de rebater as calúnias e infâmias da direita. São os blogs que estão ativos e respondendo às provocações em tempo real.
Para o PSDB e seu comparsa no estelionato da riqueza nacional, o asqueroso PFL, certamente o blog "amigos do presidente" estava incomodando, e muito.
Precisamos nos unir. E dar uma resposta à altura a essa máfia que não tem escrúpulos em tentar calar quem ousa se opor aos seus mandos e desmandos. Fizeram isso com o Geraldo Vandré, calaram-no da maneira mais sórdida possível. Derrubaram o Dirceu e agora tentam atingir, com ajuda de um pobre diabo de um jardineiro sem noção das conseqüências reais de suas mentiras, defenestrar o ministro Palocci. Todos sabemos o que eles querem: a cabeça do Presidente Luiz Inácio Lula da Silva.
Glória Leite


 Escrito por JUSSARA às 06h26
[] [envie esta mensagem]



E AGORA SEUS SAFADOS?
E agora? Cadê a mídia e a oposição safada e golpista para vir a público pedir desculpas para o presidente Lula? Após 8 meses de investigação a PF não conseguiu detectar UM ÚNICO indício do envolvimento do presidente Lula no caso do mensalão.
O presidente Lula sempre disse que não tinha conhecimento desse esquema, que não sabia desse esquema, que tinha mandado apurar quando esse fato lhe foi comunicado. Mas a mídia safada e a oposição raivosa e virulenta queria até o impeachment do presidente Lula, fazendo acusações infundadas ao presidente. Foram calhordas, safados, mentirosos, golpistas. Teriam que vir a público pedir desculpas ao presidente Lula, mas duvido que que isso ocorra, eles não tem hombridade e nem dignidade para isso. O presidente Lula deveria processar todos os que lhe acusaram, todos que ofenderam a sua honra e sua dignidade.
Jussara.

Relatório confidencial da Polícia Federal com o registro dos resultados do inquérito aberto para apurar o escândalo do mensalão contém boas notícias para Lula: após oito meses de investigação, a PF não conseguiu detectar um único indício de envolvimento do presidente no caso que resultou na maior crise política do atual governo.
A depender das conclusões da PF, Lula poderá continuar sustentando na campanha eleitoral de 2006 a tese de que não sabia das irregularidades praticadas à sua volta. O trabalho da polícia reforça a versão oficial do governo: informado pelo ex-deputado Roberto Jefferson (PTB-RJ) da existência do mensalão, o presidente teria pedido a dois auxiliares –Aldo Rebelo, à época ministro, e Arlindo Chinaglia, líder do governo na Câmara- que apurassem o fato.
Em depoimentos à PF, Aldo e Chinaglia disseram ter informado a Lula que a Câmara, sob a presidência do petista João Paulo Cunha (SP), abrira um procedimento na comissão de ética da Casa e concluíra pela improcedência da acusação. E ficou nisso.
A polícia já terminou a fase de investigações. Encerrou também o trabalho de inteligência. Aguarda agora a conclusão de perícias contábeis para fechar em definitivo o relatório. Uma versão parcial do documento, ainda sem os dados que estão sendo periciados, será entregue na próxima semana ao ministro Joaquim Barbosa, relator do caso no STF (Supremo Tribunal Federal). A PF pedirá a Barbosa um novo prazo de pelo menos 30 dias para incorporar aos autos o trabalho de seus peritos.
Escrito por Josias de Souza às 03h06


 Escrito por JUSSARA às 12h52
[] [envie esta mensagem]


Meu perfil
BRASIL, Mulher, de 46 a 55 anos, Portuguese, English, Política, Cinema e vídeo




Histórico
07/01/2007 a 13/01/2007
19/11/2006 a 25/11/2006
20/08/2006 a 26/08/2006
23/07/2006 a 29/07/2006
16/07/2006 a 22/07/2006
18/06/2006 a 24/06/2006
28/05/2006 a 03/06/2006
14/05/2006 a 20/05/2006
30/04/2006 a 06/05/2006
23/04/2006 a 29/04/2006
16/04/2006 a 22/04/2006
26/03/2006 a 01/04/2006
12/03/2006 a 18/03/2006
26/02/2006 a 04/03/2006
12/02/2006 a 18/02/2006
05/02/2006 a 11/02/2006
29/01/2006 a 04/02/2006
08/01/2006 a 14/01/2006
25/12/2005 a 31/12/2005
04/12/2005 a 10/12/2005
27/11/2005 a 03/12/2005
20/11/2005 a 26/11/2005
13/11/2005 a 19/11/2005
06/11/2005 a 12/11/2005
30/10/2005 a 05/11/2005
23/10/2005 a 29/10/2005
16/10/2005 a 22/10/2005
09/10/2005 a 15/10/2005
02/10/2005 a 08/10/2005
25/09/2005 a 01/10/2005
18/09/2005 a 24/09/2005
11/09/2005 a 17/09/2005
04/09/2005 a 10/09/2005
21/08/2005 a 27/08/2005
07/08/2005 a 13/08/2005
17/07/2005 a 23/07/2005
10/07/2005 a 16/07/2005
03/07/2005 a 09/07/2005
19/06/2005 a 25/06/2005
12/06/2005 a 18/06/2005
05/06/2005 a 11/06/2005
29/05/2005 a 04/06/2005
15/05/2005 a 21/05/2005
08/05/2005 a 14/05/2005
01/05/2005 a 07/05/2005
17/04/2005 a 23/04/2005
10/04/2005 a 16/04/2005
03/04/2005 a 09/04/2005
27/03/2005 a 02/04/2005
20/03/2005 a 26/03/2005
13/03/2005 a 19/03/2005
06/03/2005 a 12/03/2005

Votação
Dê uma nota para meu blog


Outros sites
PT
MST.
TURISMO EM CUBA
UOL SITES
FÓRUM DO UOL
UOL
SOLIDARIEDADE AO IRAQUE.
ESTADÃO
O GLOBO
JOVEM PAN
GD DO UOL.
FOLHA DE SÃO AULO.
TERRA NOTICIAS.
MIDIA INDEPENDENTE
FORO DE SÃO PAULO
FÓRUM
FÓRUM DO TERRA
FÓRUM DO ESTADÃO
BU BLOGS UNIDOS
POR UM NOVO BRASIL: SEM PT?
POR UM NOVO BRASIL
BLOG DO ONI